05 novembro 2006

o que me prende...


por muito tempo
corri feito um louco atrás do vento
.
sempre acreditei
que em algum momento ou lugar
alguma coisa, sei-lá o que
faria ou traria maior sentido
pra minha vida
.
e às vezes esperei
tanto em Deus
que entendi que talvez
não merecesse
esta dávida
..
mas a grande verdade
é que no fundo eu sabia
que meu coração
não tinha esperanças
pra tanto
.
sabe quando você
reconhece que existe algo
dentro de você
que não deveria estar lá
mas inevitavelmente consegue sentir
desvantando tudo
com a força da
correnteza de um rio
.
não quero me conformar
com o que está acontecendo
comigo
.
mas sempre me pergunto
até quando terei
oportunidades de escolhas
e se um dia irei acordar pra isso
.
todo mundo tenta se reconstruir um dia
se reconciliar consigo mesmo
será que realmente
somos salvos de alguma maneira
e do que?
.
talvez esteja fugindo
de mim mesmo
ou talvez
eu tenha medo da verdade
.
no entanto
não agüento mais
isso
.
Morayx
poxa... hoje não tô muito bem
nem os sapatos tive vontade de por no lugar
estão todos
jogados pela casa

21 setembro 2006

o amor



o amor
é propaganda
comercial de refrigerante
.
eu até acredito nele
e sei que necessito também
mas no momento
perdi a ternura
e a inocência
.
de repente
meu coração
se encheu de tanta razão
de tantos cálculos matemáticos
.
como se pudesse
caminhar sobre um fio
de alta tensão
feito malabarista
entre as avenidas
do centro da cidade
sem riscos
.
.parece que quase tudo
faz mais sentido
mesmo tendo a sensação
de ver gaivotas
se perdendo
diante do mar
de um céu
que já não tem mais estrelas
.
mistérios
.
será que o amor
nos desorienta
?
.
ou foram as estrelas
que apagaram
a estrada que nos leva
até ele
?
.
a vida
é magnificamente
estranha
!
.
.
morayx

08 setembro 2006

equilibrio


meu coração está mais maduro
apesar das incertezas
continuarem instaladas
feito teias
nos cantos da sala
do meu ser
.
nada mais importa
apenas viver o que a vida
misteriosamente
reserva
pra mim
e de certo modo
o que minhas espectativas
desenham
.
finitas escolhas
.
são
colheitas de uvas
num dia chuvoso e frio
ou quem sabe
de sol
.
sempre existem dois lados
tudo é subjetivo
apesar que o mundo sempre
insistentemente nos cobra
objetivos, planos e metas
.
no entando
estou aprendendo
De forma singular e inacabada
interferir de alguma forma
em cada um deles
.
nem tudo
precisa fazer sentido
quando acreditamos
que já não existem
motivos relevantes
pra isso
. .
nem sempre
terei o controle
nas mãos
talvez pra isso
exista a

.
aprendi
com tudo o que já me custou
o que já me doeu
e na mesma medida
que me perdi
que me trai
eu me perdoei
.
estou firmando os passos
. .
meus olhos se abriram
aos 33 anos

.
.
morayx
...deve ser assim...

27 agosto 2006

Ícaro


os dias são assim
estranhos
ou talvez o estranho, esquisito, mórbido.
seja eu mesmo
.
de repente minha vida
mudou de cor
de buscas com significados mais simples,
menos gritos,
menos sensações de desconforto
apenas cicatrizes
(acho que aprendi com a dor)
..
é como se o habitar em mim mesmo
fizesse maior sentido
até as flores
desabrocharam por lá
.
estranho
só hoje percebi que não sei lidar
com tanta felicidade
até voltei a sonhar
e fazer novos planos
é tão bom
resgatar esses sentimentos
.
mas às vezes dá um medo
de tudo
se esvaziar de repente
como é que agente sustenta
tudo isso?
e se eu chegar perto de mais do sol?
.
espero não cair do céu
como Ícaro
.
prefiro acreditar
que de alguma forma
e sem explicação
as coisas serão
mais ou menos assim
daqui pra frente
.
aprendi a não fugir
de quem sou realmente
e ironicamente
já despenquei do céu
algumas
vezes
.
é o fim
da inocência
.
.
.
morayx
(tô feliz)

12 agosto 2006

MAIS...




“CADA ANO A VIDA ESPERA MAIS DE MIM”
Jorge vercilo
.
Sempre acreditei
Que algo grande cheio de significados
Aconteceria comigo
Pra me levantar
E fazer com que cada minuto
da minha vida
Fizesse maior sentido

.
Quanta inocência
.
Sempre tive um coração cheio de esperanças
Acreditando que cada passo meu
Que cada detalhe
Cada escolha
Pudessem fazer da minha vida
Algo inesgotávelmente nobre
Do que o meu próprio
Excêntrico e de certo modo arcaico
Universo inventado
pudesse prever
..
Mas nem tudo foi assim
E que diferença isso faz
E agora?
.
Às vezes sinto que minha vida
É feito uma brincadeira de dança das cadeiras
E cada vez que a música para
Uma nova dor, intensa

E cheia de enganos se instala
Porque alguém sempre vai embora
.
Apesar de tudo aprendi
Que a vida é surpreendente
Feita um encanto,
Apesar de toda sua superfície
Áspera,
E difícil de se respirar
.
A vida é doce
.
Que ironia
. .
Tenho feito longas caminhadas
Pra que nunca mais
Por algum motivo
Eu deixe de existir
.
Aguento firme
Porque eu também sou áspero
e meus pulmões
estão cheio de ar
. .
Porque de alguma forma
Sem explicações
Ainda mantenho um coração nobre
Cheio de esperanças
Mentiras de um Peter Pan
.
E me esforcei ao máximo
pra não ser mais assim
.
porque até isso
não estava sob
meu controle
!
.
.
morayx

01 agosto 2006

novos tempos...



hoje
eu tô com saudades
de um tempo
que eu acho que nunca vivi
sabe quando você
acorda de madrugada
e sente aquele vazio
como se não mais
soubesse quem é?
há tempos
tenho lutado pra tirar
minha alma do pó
de certo modo
as coisas estão mais claras
mas eu não sei bem ao certo
porque me sinto assim
será carência
ou apenas espectivas

11 julho 2006

o que sou...


eu me lembro de imaginar certa vez
como seria minha vida
como EU seria
eu imaginava ter todas essas qualidades:
qualidades fortes e positivas
que as pessoas poderiam captar
do outro lado da sala
mas a medida que o tempo foi passando
poucas eram as qualidades que eu tinha
e todas as posibilidades
que eu enfrentava
e as pessoas que eu podia ser
ficaram reduzidas
mais e mais a cada ano
até finalmente serem reduzidas a uma
ao que eu sou!!!
.
.
extrai este texto do filme
O SOL DE CADA MANHÃ
me tocou profundamente
poxa qria ser assim
alguém acima da média
mas sou
apenas o que sou
e isso de certo modo me basta
estou aprendendo a gostar mais de mim